"/> SEMANA DO SÃO PAULO

SEMANA DO SÃO PAULO

Na volta ao trabalho, Willian Farias inicia transição, mas Juninho (vetado) e Santiago Trellez não participam das atividades no CT Manoel Pontes Tanajura

12.09.2017

No retorno dos guerreiros rubro-negros ao trabalho nesta terça-feira(12) de céu azul e sol forte – 27 graus de temperatura – no Centro de Treinamento Manoel Pontes Tanajura, foi dada a largada na preparação do time, com a presença de Willian Farias no campo, mas sem Santiago Tréllez e Juninho. O Vitória volta a jogar domingo (17) às 16 horas, contra o São Paulo, no Estádio Barradão, pela 24ª rodada do Brasileiro da Série A.

Capitão do time, afastado desde o jogo contra o Atlético GO, em Goiânia, dia 8 de julho, Willian Farias iniciou a transição com Lucas Penha, assistente da preparação física. O volante teve uma lesão no joelho direito.

O atacante colombiano Santiago Tréllez, que sofreu um pisão do zagueiro Henrique, no confronto com o Fluminense, no empate por 2 a 2, domingo passado, ainda está com edema no pé direito e fez tratamento. O lateral-esquerdo Juninho foi diagnosticado com lesão do colateral medial do joelho esquerdo, e a previsão do médico Wilson Vasconcelos, é de um mês para a recuperação.

Contra o São Paulo, o técnico Vagner Mancini contará com os jogadores Ramon, zagueiro que vem atuando como volante, e Yago, meia-atacante. Os dois cumpriram suspensão diante do Fluminense.

Como ocorre geralmente, sempre após jogo e antes de treino, Vagner Mancini conversou com os jogadores para, em seguida, entregá-los ao preparador físico Lucas Itaberaba, que ministrou o aquecimento.

Finalizado, o grupo foi dividido. Quem iniciou o jogo, exceto o atacante David, realizou um trabalho de recuperação ativa de futevôlei em campo reduzido. Posteriormente, foram encaminhados ao vestiário para a recuperação passiva: crioterapia por imersão, massagem, banheira e bota de compressão, que acelera a retirada das substâncias liberadas durante treino intenso ou jogo, e favorece o fluxo de novas.

Os jogadores que ficaram com Mancini, entre eles David, que iniciou o jogo, mais Thallyson, Kieza e Júnior, que entraram no decorrer, foram divididos em três times com cinco, cada, para um joguinho. Na etapa seguinte, já sem David, liberado pelo técnico, foram divididos, dois times com oito para um trabalho em campo reduzido com a finalidade de treinar a linha de quatro.

O meia-atacante Carlos Eduardo iniciou o dia no futevôlei, acompanhou Willian Farias na transição, e finalizou participando da segunda parte do treino comandado por Mancini.

Nesta quarta-feira (13) pela manhã, prossegue a preparação para o jogo contra o São Paulo. O Vitória é o 17º na classificação e o adversário ocupa a 19ª colocação.