"/> SEM CHANCES

SEM CHANCES

Vitória é goleado pelo Rio Preto e está rebaixado para a segunda divisão do Brasileirão Feminino

17.05.2017

O Vitória foi goleado pelo Rio Preto (SP) por 7 a 0 na tarde desta quarta-feira (17), no estádio Anísio Haddad, em São José do Rio Preto (SP), pela décima segunda rodada do Campeonato Brasileiro Feminino.

Os gols da equipe paulista, líder do grupo 2, foram marcados por Adriana, Darlene (3), Milene e Gabi (2). Com o resultado, o time rubro-negro está rebaixado para a segunda divisão do Brasileirão Feminino.

Faltam dois jogos para o fim da primeira fase e o Vitória, com apenas dois pontos somados ao longo da competição, não poderá alcançar a Ponte Preta, que tem dez pontos. Esse foi o primeiro ano do rubro-negro baiano no campeonato mais importante da categoria, enquanto passa por uma reformulação em seu futebol feminino.

“O time montado pela gestão passada foi campeão baiano depois de 14 anos e evidente que nós optamos em continuar com a mesma comissão técnica, pois a competição nacional já estava prestes a começar, e seria a primeira da história do Vitória. Porém, nós detectamos logo nos dois primeiros jogos que o nosso grupo não estava nem fisicamente nem tecnicamente à altura do futebol brasileiro”, comentou o vice-presidente Agenor Gordilho, que abraçou os Esportes Olímpicos do clube.

O Vitória, que havia contratado oito jogadoras no total, e trocado de treinador quase no meio do campeonato, acabou com muitas atletas contundidas pela falta de preparo físico e de base para enfrentar este tipo de competição. Quatro atletas foram operadas de joelho com problemas de ligamento, e muitas tiveram distensões musculares.

“O clube, hoje, já tem uma noção do quadro do futebol feminino na Bahia e já vamos nos planejar tanto para disputar o Campeonato Baiano quanto para disputar futuras competições nacionais. O nosso gerente contratado para assumir o futebol também vai abraçar essa causa porque, na Europa, o tratamento ao futebol feminino é outro. Podem ter certeza que nós vamos fazer um planejamento especial junto com o Diretor de Futebol Sinval Vieira e com o manager Petkovic, que já tem um compromisso comigo”, garantiu o vice-presidente.

Em breve, o Departamento de Futebol do Leão anunciará o planejamento para a próxima temporada do futebol feminino, que disputará a segunda divisão do Campeonato Brasileiro, também credenciada pela CBF, cujo calendário já sairá no início do segundo semestre.

PROBLEMAS NO ESTÁDIO – A jogadora Jamile, do Vitória, sofreu uma taquicardia durante o jogo e a ambulância que estava no estádio não tinha os aparelhos necessários para o atendimento inicial. Com isso, a jogadora foi transferida para um hospital da cidade. Segundo a chefe de delegação do time, Many Gleize, o clube paulista não queria liberar a ambulância para transporte até o médico rubro-negro pedir para o jogo ser interrompido.