"/> RECONHECIMENTO MERECIDO

RECONHECIMENTO MERECIDO

Sena, ídolo do Leão nos anos 70 e 80, recebe homenagem do Esporte Clube Vitória

06.09.2018

Entre 1977 e 1980, a torcida rubro-negra acostumou-se a apreciar as atuações de um atacante forte, técnico e carismático, que soltava beijos pra galera quando marcava seus gols. Jorge Luís Sena, ou apenas Sena, hoje com 65 anos, marcou época com a camisa vermelha e preta num tempo de futebol competitivo e bastante técnico.

Aproveitando a quinta-feira de #tbt (Throwback Thursday), o Leão relembra com carinho a história do ídolo rubro-negro, que recentemente foi homenageado pelo Esporte Clube Vitória, no Rio de Janeiro, onde o Leão enfrenta logo mais o Fluminense, às 19h, no Maracanã. Na última semana, Sena foi presenteado com camisa e placa especial, entregue pelo presidente rubro-negro, Ricardo David.

O encontro do ex-atacante com o Clube foi sugerido pela torcida Vitória 40 Graus, formada por torcedores do Leão residentes no estado do Rio de Janeiro, e aconteceu quando o Vitória foi enfrentar o Flamengo no Maracanã, já pelo returno do Brasileirão. “Sena foi ídolo de uma geração inesquecível. Cultivar e valorizar a história do Clube, reconhecendo quem marcou época com a nossa camisa é fundamental”, pontuou o presidente do Vitória.

“Estou extremamente gratificado pela homenagem. A minha passagem pelo Clube foi marcante, dei muitas alegrias à torcida do Vitória e pude ser campeão, em 1980. Muito obrigado!”, agradeceu Sena, hoje com o seu emblemático cabelo cacheado todo branco. Sena hoje vive em São João da Barra, distante 317 km da capital fluminense

Fotos: Divulgação/ EC Vitória

a