É CAMPEÃO!

29 de Julho é o primeiro campeão da Copa 13 de Maio

21.04.2019

O 29 de Julho sagrou-se campeão da primeira Copa 13 de Maio, a maior competição entre sócios-torcedores do país. Após quase um ano de competição e 55 participantes, 29 de Julho e Galhofas fizeram a grande final na manhã deste domingo (21), no gramado principal do Barradão. Após um empate em 1 a 1 no tempo normal, o atual campeão levou a melhor nas cobranças de pênaltis, convertendo as três tentativas (3×1).

Torcida cornetando, substituição com cinco minutos de jogo, palavrões moralizadores entre os atletas, golaços, além de  cenas maravilhosas e pitorescas. Teve de tudo na final da Copa 13 de Maio. Com um sol para cada sócio em campo, o jogo começou morno. Com cinco minutos, a torcida já pedia substituição (e teve). A primeira boa oportunidade foi do 29 de Julho, com um pênalti perdido. Porém, não demorou muito para o atual campeão marcar, com um golaço de Lucas Santana.

Na segunda etapa, o 29 de Julho “boiou”. A torcida alegou que viu alguns atletas na noitada no sábado de Aleluia, o que não foi comprovado. O Galhofa aproveitou, dominou o segundo tempo e conseguiu o empate, com Yves, o craque que não deixa a rima correr solta.

Quando o jogo encaminhava para o fim, o 29 de Julho fez a última substituição. Tirou o goleiro, de 1,85m, para colocar o goleiro de 1,60m. Jogada de mestre. O goleiro se mostrou um gigante, defendendo o primeiro pênalti do Galhofas FC, lembrado a Holanda de 2014. Com três cobranças perfeitas, o 29 de Julho, de forma invicta, conquistou o primeiro troféu da Copa 13 de Maio.

Sem conhecer derrota, o 29 de Julho fez uma campanha que mereceu uma vaga na final e o título. O 29 de Julho terminou a fase inicial em primeiro, com três triunfos e um empate. Nas fases decisivas, desbancou O Vitorianos, Os Imbatíveis, Vamo Vamo Negô e o Leônidas FC.

“Uma sensação maravilhosa ser um jogador por um dia. Fazer gol no Barradão, ver a torcida vibrando e cornetando, foi tudo lindo”, disse Lucas Santana, autor do primeiro gol da decisão. Já fala como jogador, pai! Agora vamos voltar para arquibancada, pois a missão da Série B vai começar. Vamo subir, Negô!!!

Fotos: Maurícia da Matta / EC Vitória