A COPA QUE SALVA

Copa 13 de Maio incentiva sócios a praticar atividades físicas regularmente

27.06.2018

Com mais de mil sócios inscritos em 55 times diferentes, a Copa 13 de Maio é, inegavelmente, sucesso entre os associados do plano Sou Mais Vitória. Além de ter sido aprovado pelo torcedor Rubro-Negro quanto à organização e modelo de disputa, o torneio também vem trazendo benefícios à saúde dos participantes.

Por conta da competição, vários sócios voltaram a praticar atividades físicas regularmente. Muitos ‘atletas’, após período de inatividade, passaram a cuidar melhor da saúde graças ao torneio, retomando atividades físicas regulares e mudando alguns hábitos do cotidiano.

Um dos exemplos é Marcelo Abbehusen Miranda (na foto principal, o primeiro da esquerda para direita), jogador da equipe Barra Chopp Torcida F.C. Ele contou que estava parado há 11 anos, mas que voltou a jogar futebol após o início da 13 de Maio: “Por conta da rotina de trabalho e outras atividades, fiquei cerca de 11 anos sem jogar futebol. Além disso, alguns amigos meus tiveram lesões sérias e isso acabou me assustando. O torneio foi um estalo, ‘poxa, eu posso’, e voltei a praticar atividade física, jogando futebol uma vez na semana. Tenho 1 mês me preparando e estou voltando a fazer o que eu sempre gostei por conta da Copa 13 de Maio”.

Também da equipe Barra Chopp Torcida F.C, o sócio Daniel Daniel Henrique S. Dória ( na foto principal, o último da esquerda para a direita) comentou sobre a sua mudança de hábitos: “Comecei a me preparar junto com o time, passei a correr na orla pelo menos três vezes na semana, voltei a pegar outros babas, além de ter diminuído na bebida”. O sócio SMV também contou que a prática de atividades físicas já foi algo constante para ele. “Eu fazia muita atividade física, jogava bola pelo menos três vezes na semana. Já cheguei a perder 20kg! Mas, dei uma relaxada e acabei ganhando tudo de novo. Agora eu estou focado no torneio e ainda fui chamado para jogar um campeonato em Brasília pelo time da empresa”, finalizou.

Leonardo Peixoto, do P.T.F.C, também falou sobre a sua mudança de hábitos. “Tive duas lesões em 2017 e parei por conta disso. No começo desse ano eu tentei voltar, mas não consegui. No entanto, por conta da Copa 13 de Maio eu passei a fazer exercícios, correr e jogar outros babas. Além disso, também diminuí a bebida. Antes do jogos ou antes do dia em que vou praticar alguma atividade física eu não bebo e não perco mais noite. Voltei a me cuidar e mudei meus hábitos por conta do torneio”, comentou.

O sócio Ícaro Prazeres, da equipe “Ovo and Lança”, comentou sobre o desgaste que sentiu após a primeira rodada da Copa e a necessidade de voltar a praticar exercícios. “Sempre fiz atividade física, mas estava parado há praticamente dois anos. Sedentário, sem fazer nenhum tipo de atividade. Após a primeira rodada da Copa 13 de Maio eu senti a necessidade de praticar exercícios. Voltei a correr regularmente (pelo menos três vezes na semana), logo após a primeira rodada. Fiquei muito fadigado após o jogo. Me matriculei na academia e já tenho duas semanas seguidas frequentando. Sinto outra disposição, outro preparo. As dimensões oficiais do campo exigem muito do corpo”, comentou Ícaro.

A Copa 13 de Maio volta às atividades no dia 8 de julho. Mais informações sobre o maior torneio de sócios do futebol brasileiro, acesse: www.copa13demaio.com.